Fechou em Abril último, a primeira fase da implementação da iniciativa UNITED FOR PREVENTION, (U4P), que visa garantir que até 2025, a sociedade civil e as comunidades mais afectadas pelo HIV tenham ajudado a conseguir um aumento político e apoio financeiro para os principais marcos da prevenção do HIV em sete países, nomeadamente: Quénia, Malawi, Moçambique, Nigéria, Tanzânia, Uganda e Zimbabué.

Pretende-se igualmente com o projecto, aproximar cada vez mais os países, considerando-se os seus objectivos de prevenção do HIV e assegurar uma redução da incidência desta doença, especialmente entre os mais marginalizados.

Na primeira fase do projecto, o Observatório Cidadão para Saúde (OCS) levou a cabo diversas acções com o objectivo de advogar para o alargamento da distribuição da metadona para mais zonas do país, uma vez que até então, em todo o país, a metadona só é distribuída em apenas um centro de saúde, concretamente no Centro de Saúde do Alto Maé, na cidade de Maputo. A metadona é considerada uma nova terapia no domínio da prevenção de HIV nas Pessoas que Usam Drogas (PUD).

De acordo com pesquisas de algumas organizações que trabalham com questões de redução de danos, a prevalência de HIV em pessoas que usam drogas é de cerca de 45,8%, enquanto que a Hepatite B e C rondam nos 22,6% e 5,9%, respetivamente.

Desta feita, há necessidade de se reverter este cenário, tendo-se em conta que as intervenções multisectoriais e combinadas de vários actores podem constituir uma janela de oportunidade para alterar o quadro actual em benefício deste grupo, considerando em simultâneo que este é um problema de saúde pública, que tem ganho contornos cada vez mais preocupantes em Moçambique.

É por isso que no encontro de amanhã, o OCS irá partilhar a sua experiência sobre intervenções levadas a cabo no amito deste projecto, desafios, oportunidades e lições aprendidas, e interação com outros membros da coligação que não são implementadores.

As intervenções do Observatório Cidadão para Saúde a serem partilhadas esta quinta-feira podem ser encontradas através do link: https://www.observatoriodesaude.org/relatorios-e-pesquisas/

ou

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Banco Nedbank Moçambique

Nº de conta: 00024061001

Moeda: MZN

NIB: 004300000002406100148

IBAN: MZ59004300000002406100148

SWIFT: UNICMZMX

Banco Nedbank Moçambique

Nº de conta: 00024061110

Moeda: USD

NIB: 004300000002406111012

IBAN: MZ59004300000002406111012

SWIFT: UNICMZMX

×